Logo FTIUESP Logo Forca Sindical  CNTI LOGO2

TRABALHADORES DA CPFL PIRATININGA APROVAM INDICATIVO DE GREVE PARA A PRÓXIMA TERÇA-FEIRA, DIA 5

TRABALHADORES DA CPFL PIRATININGA APROVAM INDICATIVO DE GREVE PARA A PRÓXIMA TERÇA-FEIRA, DIA 5

Os trabalhadores da CPFL Piratininga da Baixada Santista aprovaram, por maioria dos votos, o indicativo de greve para a próxima terça-feira, dia 5, em razão da intransigência por parte da empresa nas negociações do novo Acordo Coletivo de Trabalho (ACT).

A decisão foi tomada pela categoria na assembleia realizada na noite da última quarta-feira, dia 29, na sede do Sindicato dos Urbanitários de Santos e Região (Sintius). A CPFL Piratininga possui cerca de 300 trabalhadores que atuam nas cidades de Cubatão, Guarujá (distrito de Vicente de Carvalho), Santos, São Vicente e parte de Praia Grande.

Uma nova rodada de negociação ficou agendada para a próxima segunda-feira, dia 4, às 14 horas, em Campinas. No mesmo dia, às 18 horas, ocorrerá uma nova assembleia no Sintius para a categoria ratificar, ou não, a paralisação dos funcionários por tempo indeterminado.

A CPFL Piratininga insiste oferecer um reajuste salarial de apenas 7%, sendo 6%, em junho, e 1%, em janeiro de 2017. No entanto, esse percentual é insuficiente para repor a inflação acumulada nos últimos 12 meses.

A categoria rejeita também as propostas da empresa em reduzir o quadro mínimo de funcionários da empresa em 20% e de elevar a cláusula de rotatividade de pessoal de 2,5% para 10%. Essas mudanças devem provocar uma sobrecarga de trabalho e prejudicar o atendimento da população.

assembleia cpfl 2906

 

TRABALHADORES DA CTEEP DECIDEM EM ASSEMBLEIA FAZER GREVE A PARTIR DO DIA 04/07

TRABALHADORES DA CTEEP DECIDEM EM ASSEMBLEIA FAZER GREVE A PARTIR DO DIA 04/07

Os trabalhadores da CTEEP decidiram entrar em greve a partir da 0 hora do dia 4 de julho, por tempo indeterminado, caso a empresa não apresente uma contraproposta que atenda aos anseios da categoria. Entretanto, a decisão sobre a paralisação será ratificada em assembleia que está marcada para acontecer no dia 1º de julho, as 18 horas, na Sede do Sindicato. Os trabalhadores exigem reposição salarial do índice de inflação e aumento real.

Até o momento, a CTEEP apresentou um índice de reposição salarial máximo de 7,46% para quem ganha até R$ 6.500,00. Outras faixas salariais superiores a esse valor, seriam contempladas com 5,5% e 2%, o que a categoria considerou uma afronta, pois mesmo considerando o índice mais alto que foi proposto, o percentual nem sequer repõe a inflação medida no período correspondente a data base da categoria, que é 1º de junho.

Os trabalhadores da CTEEP reivindicam, também, manutenção dos benefícios de Vale Alimentação e Vale Refeição para quem fica afastado por mais de três meses por auxílio doença, um Plano de Cargos e Salários adequado à realidade da categoria. Além disso, exigem em negociação melhorias de outros direitos, como o aumento do limite do valor pago pela empresa na bolsa de estudos para quem cursa a graduação.

ASSEMBLEIA CTEEP, DIA 1º DE JULHO, ÀS 18 HORAS, NA SEDE DO SINTIUS

assembleia cteep dia 01 07

SEDE DO SINTIUS ABRIGARÁ EVENTO DO DIEESE SOBRE NEGOCIAÇÃO COLETIVA, NO DIA 29

SEDE DO SINTIUS ABRIGARÁ EVENTO DO DIEESE SOBRE NEGOCIAÇÃO COLETIVA, NO DIA 29

Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) realizará evento intitulado “Negociação Coletiva em conjuntura de crise: cenários e perspectivas para Baixada Santista e Vale do Ribeira”. A proposta é apresentar e discutir o tema em debates contando com a participação de todas as centrais sindicais e representação dos sindicatos destas regiões, no dia 29, a partir das 9h30, na Sede do Sindicato dos Urbanitários, em Santos.

O encontro foi incluído no programa da Jornada Nacional de Debates promovido pelo DIEESE e abrangerá assuntos relacionados ao cenário econômico, emprego, salário e renda financeira. Embora o evento seja dirigido para os dirigentes sindicais, quem se interessar pela abordagem poderá participar.

12JornadaBAIXADA 1

A Sede do Sindicato fica na Rua São Paulo, 26, na Vila Belmiro, em Santos.

Telefone: 3226-3200

SINTIUS TRAZ REPRESENTANTES DA SABESPREV PARA TIRAR DÚVIDAS DA CATEGORIA, EM GUARUJÁ

SINTIUS TRAZ REPRESENTANTES DA SABESPREV PARA TIRAR DÚVIDAS DA CATEGORIA, EM GUARUJÁ

Com o objetivo de atender a um antigo pedido da categoria ao Sindicato dos Urbanitários de Santos e Região (Sintius), a Diretoria deverá trazer alguns representantes da Sabesprev para esclarecer dúvidas dos companheiros nos próprios locais de trabalho.

Idealizada pela Secretaria de Assuntos Previdenciários/Assistencial, Saúde e Segurança do Trabalhador, comandada por José Lima Rodrigues, a primeira iniciativa nesse sentido ocorreu no último dia 15, em Guarujá, e foi considerada um sucesso pelos trabalhadores.

O gerente de Saúde, Sr. Klaus, e a responsável por assuntos previdenciários, Sra. Carla, aproveitaram a oportunidade para tirar uma série de dúvidas sobre exames, credenciamento e co-participação do plano de saúde, bem como esclarecer algumas questões sobre o plano previdenciário da Sabesprev para um grupo formado por 60 pessoas.

O encarregado do almoxarifado Moisés Sutero dos Santos elogiou a iniciativa do Sintius, porque ele não entendia os descontos nos holerites relacionados ao plano de saúde da Sabesprev.

"A gente precisava de uma iniciativa dessa há muito tempo. Foi uma palestra muito importante para entender melhor esses descontos do plano de saúde e até mesmo para conhecer melhor o plano previdenciário. Tudo foi muito bem esclarecido", destacou.

Hospital de Guarujá

Após o evento, Lima e mais dois diretores do Sintius - Fausto Simões Júnior (Assuntos Jurídicos) e Maria de Fátima Aparecida Borges (Administração) - compareceram ao novo complexo de saúde do Distrito de Vicente de Carvalho, o Hospital Guarujá.

A intenção foi conhecer essa nova unidade e iniciar um diálogo para que o hospital possa ser credenciado pela Sabesprev a fim de melhorar a cobertura oferecida aos trabalhadores da Baixada santista.

A visita ao hospital Guarujá também contou com a participação do representante sindical Aguinaldo Cordeiro dos Santos Júnior e da assistente social do Sintius, Eliana Ângela Silva.

sabesprev guaruja 10

DIRETORIA REALIZA SETORIAIS NA CPFL PIRATININGA E CONVOCA PARA ASSEMBLEIA DIA 29

DIRETORIA REALIZA SETORIAIS NA CPFL PIRATININGA E CONVOCA PARA ASSEMBLEIA DIA 29

A Diretoria do Sindicato iniciou reuniões setoriais na CPFL Piratininga, ontem, dia 21, com o objetivo de conscientizar os trabalhadores sobre as propostas indecentes do ACT 2016/2017, que a empresa apresentou até a última reunião de negociação, que ocorreu no dia 20. A primeira setorial aconteceu em São Vicente e a segunda reuniu os trabalhadores de Cubatão. A programação prevê setoriais em Santos no dia 24 e em Praia Grande no dia 27 de junho.

Nessas reuniões setoriais, a categoria tem se mostrado insatisfeita com a posição da CPFL de não propor sequer reposição da inflação como alternativa de índice para os salários. Assim, como esperam uma proposta condizente com a realidade dos trabalhadores, inclusive com aumento real, na próxima reunião de negociação prevista para acontecer no próximo dia 29, em Campinas. Os trabalhadores também não aceitam a redução do quadro mínimo.

Neste mesmo dia, 29, a Diretoria do Sintius está convocando a categoria a participar de uma assembleia, que acontecerá na Sede, as 18 horas, para avaliar a proposta da empresa e deliberar greve, caso a proposta da empresa não atenda aos anseios dos trabalhadores.

cpfl sv

Reunião setorial realizada na CPFL de São Vicente, ocorrida dia 21/06

cpfl cubatão 01

Reunião setorial realizada na CPFL de Cubatão, que aconteceu dia 22.

CPFL PIRATININGA INSISTE COM A MESMA PROPOSTA E TRABALHADORES AVALIAM GREVE

CPFL PIRATININGA INSISTE COM A MESMA PROPOSTA E TRABALHADORES AVALIAM GREVE

A CPFL Piratininga insiste em manter uma proposta de reposição salarial que não contempla sequer o índice de inflação oficial, o que já seria insuficiente para repor o poder de compra. Dessa maneira, continua lamentando não poder atender aos anseios da categoria e justifica dificuldades de várias ordens, como a própria crise econômica e política que o país atravessa. Esse é o resumo da 3ª rodada de negociação, que ocorreu hoje, dia 20, em Campinas.

Nós sabemos que isso não afeta a economia da empresa, tanto é que a CPFL comprou outra empresa do setor elétrico por R$ 1,7 bilhão. Em compensação propõe para os trabalhadores um reajuste de 6% em junho e 1% em janeiro de 2017. Ou seja, a empresa não reconhece e nem valoriza aqueles que contribuem com conhecimento e trabalho para que a empresa conquiste excelentes resultados financeiros.

Além dessa proposta salarial indecente, a CPFL ameaça com redução do quadro de funcionários, o que sobrecarregará, ainda mais, os trabalhadores que são, muitas vezes, obrigados a executar atribuições diferentes dos cargos para os quais foram contratados.

Diante dessas e outras maldades, a Diretoria do Sindicato iniciará reuniões setoriais (veja o quadro abaixo), ainda nesta semana, com o objetivo de mobilizar a categoria para avaliar a proposta que a empresa pretende apresentar no dia 29 de junho, sendo que nesta mesma data haverá uma assembleia na Sede do Sintius, às 18 horas, para avaliar a realização de greve por tempo indeterminado.

Estiveram presentes na reunião de negociação, o presidente do Sintius, Carlos Alberto de Oliveira Cardoso, o Platini; o secretário geral, Ubirajui José Pereira, o Bira; e o secretario de finanças, Evandro da Silva Carvalho.

DATA

LOCAL

HORÁRIO

21/06

EA São Vicente

07:00

22/06

EA Cubatão

07:00

24/06

EA Santos

07:00

27/06

EA Praia Grande

07:00